30 setembro 2009

ESTRANGEIRA DO MEU QUARTO

e a quem mais interessa saber onde vai parar o suor que derramei por tua causa? tenho laços estreitos com o sadomasoquismo mas nem por isso deve-se declarar a posse do que não é teu. sou ateu de nascença e isso faz de mim alguém que não se prende a algo que não se possa provar. sei que estou a mercê dos céticos que se aglomeram em frente aos templos e adoram uma imagem e quase sempre por medo do castigo que, por ventura, possam receber de um deus mau e impiedoso. guardei as últimas lembranças da infância na cama da empregada. já era doméstica, eu selvagem.

2 comentários:

  1. Bem legal. "deus mau" achei esquisito, ficou bobinho.

    ResponderExcluir
  2. rs. foi mal. é que deu mau jeito não mão.

    ResponderExcluir